Artigos e Notícias

TRATAMENTO DO RONCO COM APARELHO INTRA-ORAL

                                                       IMPORTÂNCIA DO SONO

                                

O sono é um período de restauração física que nos protege do desgaste natural das horas acordadas. A quantidade necessária de sono varia de pessoa para pessoa e é em média de 5 à 8 horas diárias. O sono possui vários estágios, e a privação do estágio REM (devido aos despertares pela apneia), faz com que as pessoas tenham menor capacidade de aprendizagem. (Godolfim,2002)

O bruxismo (ranger de dentes) pode acontecer em todos os estágios do sono.  (Peters, A. R. & Gross, S. G. , 1995)

 

                                                               APNEIA DO SONO

 

A Síndrome da Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAOHS) está sendo considerada a doença com maior número de co-morbidades, algumas com alto risco de vida. (Hilmann, 2006)

A apneia se caracteriza pelo colapso das paredes da faringe durante o sono, obstruindo a passagem de ar, diminuindo portanto a quantidade de oxigênio no organismo. (Pae et al, 1994) e (Meier, 2000)

Devido à essa dessaturação de oxigênio, o paciente apneico têm 3 vezes mais chance de sofrer um infarto ou AVC e 7 vezes mais chance de sofrer acidentes de trabalho e trânsito. (Godolfim, 2013) 

A apneia afeta homens e mulheres em diferentes faixas etárias, e são fatores predisponentes:

-Obesidade

-Anormalidades crânio-faciais

-Pescoço curto e grosso

-Macroglossia (língua grande)

-Obstruções nasais

-Alterações endócrinas

-Idade

-Histórico familiar

-Posição de dormir (decúbito dorsal-barriga para cima) (Godolfim, 2013)

 

A apneia leva a problemas como:

-Hipertensão arterial

-Arritmias cardíacas

-Angina

-Infarto

-AVC

 

                                                   SINTOMAS FÍSICOS DA APNEIA (Godolfim, 2002)

-Ronco alto

-Hipersonolência diurna

-Sono agitado e insuficiente (não reparador)

-Hipertensão arterial

-Arritmia cardíaca

-Cefaleia matinal

-Impotência sexual

-Refluxo gastroesofágico noturno

 

                                                 SINTOMAS PSICOLÓGICOS DA APNEIA(Godolfim, 2002)

-Irritabilidade

-Mudança de personalidade

-Depressão

-Redução capacidade intelectual

-Dificuldade de concentração

 

                                                                         RONCO

É causado pela vibração dos tecidos da faringe em função da turbulência do ar à medida que as vias aéreas se estreitam. (Veis, 1998-Murphy, 2001)

Geralmente a posição de decúbito dorsal (barriga para cima) e a respiração bucal, facilitam o aparecimento do ronco.

O ronco geralmente afeta a vida social e familiar do indivíduo, alterando a convivência com o cônjuge e amigos. (Godolfim, 2013)

O paciente que têm apneia do sono desconhece o problema. Somente companheiros ou familiares podem observar o problema e recomendar a procura do médico do sono para fazer uma polissonografia e avaliar o melhor método de tratamento em conjunto com outros profissionais, como otorrino e dentista.

 

Dependendo do grau de apneia que o paciente apresentar na polissonografia, a médica do sono irá definir o melhor tratamento para cada caso.

 

Existem os aparelhos intraorais que fazem um avanço e abertura da mandíbula, liberando a passagem de ar e na maioria dos casos, resolvendo o problema do ronco e apneia do sono.

Alguns casos mais graves são indicados os aparelhos CPAP.

 

 

                                APARELHO INTRAORAL DE AVANÇO MANDIBULAR



 

DR. JOSIAN RICARDO SCHMITT

CIRURGIÃO DENTISTA CRO 5096/SC

ORTODONTISTA

DENTISTA DO SONO

RUA IRIRIÚ, 670-SAGUAÇU-JOINVILLE-SC

FONE:(47) 3472-2772

josianricardo@yahoo.com